Koka - Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves é o novo primeiro-ministro de Portugal
Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves é o novo primeiro-ministro de Portugal
03/04/20243 min
Acessibilidade
Compartilhar

Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves é o novo primeiro-ministro de Portugal

Após vencer as eleições mais disputadas da história democrática portuguesa, Luís Filipe Montenegro Cardoso de Morais Esteves, de 51 anos, assumiu oficialmente o cargo de primeiro-ministro de Portugal nesta terça-feira (2). Natural do Porto, segunda maior cidade do país, Montenegro é casado, pai de dois filhos e atuou como salva-vidas em sua juventude.

Sua primeira experiência de liderança ocorreu enquanto trabalhava como salva-vidas e descobriu a necessidade de uma remuneração maior para o trabalho em domingos e feriados, o que resultou em um aumento salarial para a categoria.

Além de sua atuação na natação, o novo primeiro-ministro praticou futebol na infância e adolescência, chegando a fazer parte das divisões de base de um clube em Espinho. Amigos relatam que, quando criança, Luís Montenegro era apelidado de "ervilha" por ser mais baixo e gordinho do que seu irmão, conhecido como "feijão verde".

Luís Montenegro é formado em direito pela Universidade Católica Portuguesa e iniciou sua carreira política em Espinho, onde foi vereador e deputado na Assembleia Municipal. Sua estreia no parlamento ocorreu em 2002, durante o governo de Durão Barroso, do Partido Social Democrata (PSD). Em 2011, já no governo de Pedro Passos Coelho, também do PSD, Montenegro foi escolhido como líder parlamentar de seu partido e porta-voz do governo na casa legislativa.

Apesar de ter deixado a Assembleia da República em 2018, Luís Montenegro permaneceu ativo na vida política. Após uma disputa em 2020, ele finalmente conquistou a presidência do PSD no final de 2022, tornando-se o novo primeiro-ministro de Portugal.

Faça login para comentar
Faça um comentário:

Comentários:

0 Comentários postados

Entre em contato para assuntos comercias, clique aqui.

Veja também: