Koka - Estudo aponta falta de conhecimento sobre os riscos da gripe no Brasil
Estudo aponta falta de conhecimento sobre os riscos da gripe no Brasil
03/04/20243 min
Acessibilidade
Compartilhar

Estudo aponta falta de conhecimento sobre os riscos da gripe no Brasil

Um levantamento recente realizado pela farmacêutica Sanofi em parceria com a ALS Perception revelou que cerca de 70% dos brasileiros não estão cientes de que a gripe, causada pelo vírus influenza, pode agravar doenças pré-existentes, como diabetes tipo 2, e ocasionar complicações cardiovasculares, como acidente vascular cerebral (AVC) e infarto. Além disso, seis em cada dez brasileiros desconhecem o impacto significativo que a gripe pode ter em órgãos vitais, como pulmão, coração e cérebro, especialmente em idosos.

O estudo foi baseado em 2.000 entrevistas realizadas por questionários digitais com brasileiros a partir de 40 anos, de diversas regiões e classes sociais do país, durante fevereiro de 2024. A pesquisa teve como objetivo analisar o conhecimento da população em relação à vacinação e aos perigos associados à gripe, com uma margem de erro de 2,2% nos resultados obtidos.

Embora 84% dos participantes tenham afirmado estar cientes dos riscos de não se vacinarem contra a gripe, a porcentagem de conhecimento diminuiu significativamente quando questionados sobre quais seriam esses riscos. Quando se tratava de riscos mais genéricos da doença, como "sintomas debilitantes", a taxa de conhecimento caiu para menos da metade. Já em relação aos perigos mais específicos, como os impactos nos órgãos vitais, agravamento de doenças pré-existentes e complicações cardiovasculares, a situação foi ainda pior.

O estudo também destacou a falta de conhecimento em relação à vacinação, especialmente entre os idosos. Sete em cada dez brasileiros responsáveis pela imunização de pessoas com mais de 60 anos admitiram não saber quais vacinas deveriam ser administradas. Além disso, quase 25% dos entrevistados revelaram não ter conhecimento sobre a existência de uma vacina contra a gripe.

Faça login para comentar
Faça um comentário:

Comentários:

0 Comentários postados

Entre em contato para assuntos comercias, clique aqui.

Veja também: