Koka - Andreas Kisser fala sobre saída de Eloy Casagrande do Sepultura
Andreas Kisser fala sobre saída de Eloy Casagrande do Sepultura
15/05/20242 min
Acessibilidade
Compartilhar

Andreas Kisser fala sobre saída de Eloy Casagrande do Sepultura

Em participação no programa Xablaw, Andreas Kisser comentou sobre a saída do baterista Eloy Casagrande do Sepultura para se juntar ao Slipknot, descrevendo o movimento como "esquisito". Segundo Kisser, Casagrande anunciou sua saída de forma inesperada, o que pegou a todos de surpresa. O Sepultura estava em sua turnê de despedida, que contava com a presença de Casagrande, mas o baterista deixou o grupo brasileiro para se juntar ao Slipknot em 30 de abril.

Kisser ressaltou que a escolha de Casagrande de se juntar ao Slipknot é compreensível devido à sua qualidade como baterista, porém considerou o momento e a forma como tudo aconteceu como estranhos. Greyson Nekrutman, de 21 anos, assumiu o posto de baterista no Sepultura, vindo da banda Suicidal Tendencies.

O guitarrista enfatizou que cada um é livre para fazer suas escolhas, mas deve arcar com as consequências. Ele elogiou a chegada de Nekrutman, destacando o respeito à história, aos fãs e aos ingressos vendidos. A saída de Casagrande para o Slipknot gerou polêmica e dividiu os fãs das duas bandas. O Sepultura havia anunciado sua turnê de despedida em dezembro de 2023, com Casagrande previsto para participar dos shows.

Kisser relembrou que o planejamento da turnê estava em discussão há dois anos e que o anúncio oficial foi feito em dezembro, com a inclusão de Casagrande. No entanto, em janeiro, durante uma viagem para uma feira de música, o baterista não estava presente, indicando que algo estava prestes a mudar em sua carreira.

Faça login para comentar
Faça um comentário:

Comentários:

0 Comentários postados

Entre em contato para assuntos comercias, clique aqui.

Veja também: